Posts Tagged“vinho”

Oi meus amores,

Como prometido no Instagram hoje trouxe várias dicas de vinhos para confraternização, ceia natalina ou outras ocasiões. Tentei ser bem democrática no preço e priorizar vinhos com custo-benefício bom para todos ok?

A ordem que estou postando não diz respeito a qualidade, nem nada.. é independente isso.

1 – La Finca Oak Aged Malbec 2016:

Vinho de Mendoza, Argentina. Bom custo beneficio, simples mas com equilíbrio certo. Acidez média, coloração rosada, toque de baunilha e fruta explosiva. Aquele vinho que é para apreciar cada gole. Final curto e taninos redondos. Um vinho jovem que custa na faixa de 40 reais. 

 

2 – Oops Gran Reserva Carmenere:

Do Valle Central, Chile. Um blend maravilhoso de CF e Carmenere. Coloração rubi intenso. Frutado mas com baixa persistência. Aromas adocicados de frutas vermelhas, morango e cereja. Muito aveludado. Recomendo. Faixa de preço: 60 reais.

 

3 – Petit Pinotage 2014:

África do Sul. Um dos meus vinhos preferidos do momento, meio seco, macio, leve, frutado, saboroso e fresco. Coloração: Rubi intenso com reflexos violáceos. Frutas maduras, amora, ameixa e cereja. Preco: 60 reais na Aprecciatte.

 

4 – Terra de Xisto:

Vinho Português. Cor rubi, o aroma denota juventude, aroma de frutos silvestres maduros. Na boca é muito suave, é um tinto honesto com bom equilíbrio de conjunto. Custo beneficio maravilhoso, média de preço em torno de 30 reais.

 

5 – Kumala Merlot Pinotage 2016:

África do Sul. Um dos meus preferidos também. Apresenta médio-corpo, textura macia, muita fruta negra madura, chocolate negro, especiarias e boa persistência. Na Aprecciatte custa 50 reais.

6 – Alamos Malbec 2016:

De Mendoza, Argentina. Um dos meus queridinhos meeeesmo! É um dos mais emblemáticos vinhos da Argentina. Seguindo a tendência mundial de vinhos mais gastronômicos e menos alcoólicos. Vinho equilibrado e fino. elegante e sofisticado. Fácil de beber. Custa 89 reais na Aprecciatte.

 

7 – JP Azeitão:

Vinho Português. JP é a linha de entrada da vinícola, com a proposta de consumo rápido e jovem, o vinho é um corte de 60% Castelão, 30% Aragonez e 10% Syrah. Lágrimas finas, levemente coloridas e rápidas compunham o conjunto visual.  Taninos finos, quase imperceptíveis, acidez um pouco baixa mas sem desagradar e corpo de leve para médio. O final de curto para médio. Um vinho simples, sem defeitos e que deve agradar até as pessoas que não são consumidoras costumeiras de vinho, pois tem aquela sensação de dulçor durante a degustação.

 

8 – Leon de Tarapacá:

Valle Central, Chile. Bom corpo, equilibrado, de grande estrutura, paladar de potência média e retrogosto largo e complexo. Seus taninos são maduros e potentes. É um vinho excelente, porém não é tao fácil de agradar a todos. Preco médio de 50 reais.

 

9 – Tantehue Cabernet Sauvignon:

Valle Central, Chile. Coloração rubi intenso e brilhante. Aromas frutas vermelhas e negras, como framboesa, ameixa e amora. Na boca se apresenta de forma equilibrada e suave, com frutas vermelhas e negras. Tem final limpo, elegante, equilibrada e suave, com frutas vermelhas e negras. valor: 30 Reais em média.

 

10 – Dom Candido Merlot e Cabernet:

Brasil. Vinho fino tinto seco, elaborado 50% a partir de uvas selecionadas da variedade Merlot e 50% a partir de uvas selecionadas da variedade Cabernet Sauvignon. De cor vermelho rubi, aroma frutado, algo de especiarias e com uma pequena percepção de carvalho. Encorpado na boca, com final bem persistente.  Em média de 50 reais. Um dos meus preferidos também.

 

E é isso gente, espero que tenham gostado das dicas. Só selecionei 10 dessa vez, mas aos poucos vou liberando mais dicas. Esperem os posts de vinho branco, rose e espumantes também.

Do ladinho direitinho, aqui do blog, vocês encontram um banner da Grand Cru, só clicar lá e aproveitar os preços maravilhosos, sem falar no frete grátis para todo país.

Beijos.

Vocês lembram do meu storie da semana passada falando que tinha comprado um vinho para degustar e que ia contar para vocês? YEESS. Esse dia chegou. Apreciei esse vinho e virou meu queridinho. Sempre tento buscar novas experiências quando o assunto é vinho e escolher um africano foi bastante ousado, já que sou muito fã dos vinhos chilenos, portugueses e argentinos, mas bem.. bati o olho e resolvi comprar. E ainda digo mais, nunca tinha lido sobre ele, absolutamente nada, o que foi ainda mais ousado.

O vinho é vinho tinto é um blend de Merlot e do inconfundível Pinotage sul-africano. Sou apaixonada pela uva Merlot, é impossível não gostar viu? No paladar, essa mistura fica com um gosto de cereja, morango e levemente groselha, é um vinho muito fácil de beber. Combinação: carnes vermelhas e massas em geral, e até arrisquei um fruto do mar e também caiu super bem.

Rapidinho terminei a garrafa e beberia outra fácil. O valor: 49,90 na Apreciatte.

 

Safra: 2016
Classificação: Vinho tinto da mesa seco fino
Uvas: Merlot, Pinotage.
Produtor: Kumala
País: África do Sul
Graduação Alcoólica: 13,5%
Fechamento: Rolha de cortiça
Temperatura de serviço: entre16°C e 17°C
Corpo: Encorpado
Acidez: Leve
Site do produtor: www.kumala.com

Espero que goste da dica.

Beijos.

No segundo dia fomos fazer visita em algumas lojas, entre esses compromissos, aproveitei para clicar o look para vocês. Como era algo mais informal, optei por um look confortável e ao mesmo tempo lindo. Usei um macaquinho com lurex, super conforto e prático, já que passamos a manhã provando roupa nas lojas e fotografando.

Look: LookStoreRN

Acessórios: Myrelli Lima

Sandália: Arezzo

Bolsa: Donna D

Quando voltamos dos compromissos, aproveitamos para abrir um vinho verde maravilhoso que recebemos da Aprecciate.. Serio, que delicia de vinho viu? Equilibrado, elegante e suave.. excelente dica para quem procura um vinho para beber durante o dia.

Esses doces maravilhosos recebemos da DoceDeLi_, de comer rezando!

Post rápido para vocês!

Ja já sobe outro. Fiquem de olho para não perder nada.

beijos.

Muita gente vem falar comigo pedindo dicas de vinhos e muita gente vem atrás de saber o que significa um vinho Reservado e um vinho Reserva. A verdade é que pelo termo “RESERVADO” a gente tem a impressão de ser um vinho mais seletivo e etc né? Mas é ai que estamos enganados, e eu vou explicar o porque a vocês.

Precisamos saber primeiro o que é um vinho Reserva, para depois conseguirmos diferenciá-lo do Reservado. Mas isso também vai depender muito da legislação de cada país, pois é! TEM LEGISLAÇÃO haha.

Espanha, o termo Reserva refere-se a vinhos que têm como regra amadurecer 36 meses, sendo pelo menos 12 deles em barricas e os outros 24 na garrafa, antes de serem comercializados.

Na Itália existe o termo Reserva, que também é controlado por uma legislação, onde, como regra, o vinho tem que amadurecer por pelo menos três anos antes de ser comercializado.

Nos países sul-americanos, como Chile e Argentina, não existe uma legislação que regulamente esses termos. Portanto, são bem mais flexíveis, diferente dos produtores na Europa. E é dai que surge os vinhos RESERVADOS.. ou seja, sem legislação.

 

Reservado é destinado aos vinhos de entrada das vinícolas (os mais baratinhos), pois são os vinhos frutados, sem passagem por madeira, sem complexidade e, normalmente, produzidos em grande escala (industrial) e que já estão prontos para o consumo.

Então é beem melhor ficarmos atentos, pois os vinhos Reservados não oferecem tanta qualidade e satisfação ok? São vinhos sem qualidades e sem exclusividade.

Tem uns que nem indicação da safra tem, sabe por que? Porque é o RO haha, o restante de tudo que sobrou :O. O termo é somente usado como um marketing e estratégia de venda mesmo, um jeitinho legal de nomear vinho sem qualidades. Para vocês terem noção, sequer tem nos sites das vinícolas chilenas esses vinhos.

Muita gente acaba comprando essa opção por ter o preço mais em conta e acabam que não gosta e diz logo: “odeio vinho”, mas isso tudo é porque não soube escolher um vinho de qualidade e sabor. tem muito deles nos supermercados.

Já o termo Reserva, no Chile e na Argentina, refere-se a um vinho que foi produzido com maiores cuidados, desde a seleção das uvas ao processo de vinificação. Grande parte dos exemplares que trazem essa classificação passam por barricas de carvalho, mas isto não é uma regra. Portanto, podemos ter produtos que passaram ou não por barricas, mas, de qualquer forma, indica qualidade superior se comparados aos vinhos Reservados.

Deu para entender direitinho? Então é isso, cuidado na hora de escolher o seu vinho!

Beijos e salut!

Sou amante de vinhos, vocês sabem mais do que ninguém né? E tenho recebido muitas perguntas a respeito de qual vinho servir na ceia natalina. Então.. quis fazer esse post hoje, para ajudar vocês na hora de escolher o tinto!

Antigamente tinha em mente que o vinho tinto era só para carne e o branco para peixe, isso já não existe mais de uma forma tão rígida. Aliás.. eu nunca fui tão rígida para vinho, sempre fui flexível, se meu paladar aprovava, eu adorava e só.

Agora vamos as dicas:

  • Herdade das Servas

Este é um vinho tinto alentejano que combina muito bem com o bacalhau cozido e os legumes que são servidos na ceia de Natal. Trata-se de um vinho forte de cor rubi escura, tem um aroma a frutos vermelhos e um paladar final agradável e persistente. O teor de álcool dele é 15%. Média de preço varia de 30 a 40 reais.

IMG_2910

  • Rapariga da Quinta

Esse vinho é bem “comum”, tenho certeza que até quem não tem conhecimento de vinho já ouviu falar nele né? Apesar de ser comum, é um vinho que agrada o paladar da maioria. É simples, fresco, frutado e super agradável. Tem ótimo custoxbeneficio. Teor alcoólico de 14,5%. A Média de preço é na faixa de 30 reais.

IMG_2911

  • Dom Cândido

É um vinho brasileiro, do Rio Grande do Sul. Amo esse vinho! Muita gente tem algum receio de servir vinhos do nosso país, mas temos excelentes vinhos por aqui também. Na boca, bom corpo, tendo um retrogosto intenso e persistente. Macio e aveludado no paladar, mostra densidade e elegância. Amadurece em barris de carvalho por sete meses. 40 reais a média de preço.

IMG_2912

  • León de Tarapacá

Adoro todos os vinhos da vinicula Cocha y Toro. Esse é um dos meus preferidos, vou indicar ele para sua ceia natalina por ser um vinho mais elegante. Ele é levinho, frutado e muito bom. Fácil de agradar a todos. Faixa de preço: 70 reais.

IMG_2913

 

  • Barbaresco Riserva Rabaja

Esse é um vinho mais caro, mas vale cada centavo pago nele. É um vinho leve, agradável e de sabor intenso. Os aromas são variados, muito interessantes mesmo, como flores, café tostado e couro. O paladar é discreto, porém sempre presente, instigando avidamente novos goles. Gente, no app vivino, quando fotografei ele, apareceu 190 reais. Mas acho que ele foi uns 300 em um restaurante que tomamos.

IMG_2914

Pelas dicas que dei, você vai conseguir escolher seu preferido. Tem de todo preço né? Cabe a você decidir até quanto quer pagar, mas todos são vinhos muito bons e que super indico.

Ah gente, todo vinho que tomo, eu posto no meu Vivino (aplicativo só de vinhos). Me segue lá: karenpraxedes.

Beijos.

Oi meus amores,

Nunca passei tanto tempo sem postar né? Acontece que eu achava que o blog estava com problema, mas era meu servidor haha. Que bad viu? tenho que pedir desculpas por isso, sorry.

Quem me segue a mais tempo sabe que meu aniver é dia 16 de Agosto, mas dessa vez vou super antecipar e comemorar sábado agora, dia 6. Em uma noite de vinho para as minhas melhores amigas. Não quis fazer nada grande, pois vou viajar no fds do dia 19 já, então resolver fazer essa noite para não passar em branco.

Busquei algumas inspirações para a proposta que quero, noite de vinho e queijos. Então vou compartilhar com vocês algumas dessas inspirações:

Vou adotar a ideia de usar garrafas de vinhos vazia com flores nas mesas:

decor vinho1

decor vinhodecor2

decor vinho2

Que fique claro que isso são inspirações, no meu caso vou utilizar a noite, então vou adaptar a proposta das flores ou vela para meu ambiente e ocasião.

Outra ideia bacana que vou adotar é o uso de rolhas.

decor vinho3 decor vinho4decor vinho5 decor vinho6

E na hora de montar a mesa, algumas inspirações:

mesa de vinho2 mesa vinho1 mesa vinho mesa de vinho3 mesa de vinho4

O estilo vai depender da personalidade de cada uma.

Gostaram das dicas?

Beijos e me acompanhem pelo snap karenpraxedes

Falar sobre vinho sempre vai ser um dos meus assuntos preferidos, como já falei, não sou a enóloga mas como leio muito sobre, já fiz dois cursos e tomar vinho é algo que eu faço constantemente, sem falar que é minha bebida preferida, posso me arriscar a dar sempre dicas para vocês.

adega

Quando comecei a tomar vinho não lembro quantas amigas minhas tomavam, acho que 1 no máximo, ou até 2, o resto torcia o nariz e aos poucos fui fazendo com que o vinho, também, ganhasse o coração delas e foi: BINGO. Inclusive, tenho uma amiga que tirei da cachaça para o vinho (beijos Mila), e uma das coisas que foi super importante na hora de pedir o vinho com as amigas iniciantes era SABER ESCOLHER O CERTO. De nada adianta, quem estar aprendendo a apreciar o mundo do vinho, começar com um vinho forte, de nuances complexas. O mundo do vinho é muito escasso de indicações para guiar de acordo o estilo desejado. Digo isso porque eu ficava muito perdida quando ia pedir um vinho. A diversidade de rótulos é tão grande que a gente não sabe qual pede, qual é bom, concordam?

adega1

Então essa seleção é uma das mais fáceis de agradar, e espero que ajude a vocês.

  • TINTOS DELICADOS E COM AROMA:

Tinto de corpo mais leve e aromas e sabores delicados. Não são vinhos encorpados, são vinhos mais leves e que podem até ser servidos mais frios.

Maycas Sumaq Reserva 2013 | Região Vale do Limari | Uva Pinot Noir:

Tinto perfumado, leve com aromas de frutas vermelhas e baunilha. Na boca, não atinge o paladar.

48c24e_ea39d05876e149a69ee7f151f445a32d

  • TINTOS TRUFADOS E SUCULENTOS:

Meu preferido! Suculento, com muita fruta, sabores macio. Para quem ama carne vermelha, eles são ideais.

Maipe Reserva 2012 | Região Mendoza, Argentina | Uva Malbec: Para quem adora um MALBEC, uma das melhores opções. Ele é um pouco amadeirado, com 12 meses de passagem por madeira. Mas não é aquele vinho com excesso de álcool e de madeira. Ele é bem equilibrado. Ótimo custo x benefício também, na faixa de 30-40 reais.

Santa Ema Barrel Select 60/40 2010 | Região Vale do Maipo, Chile | Uvas Cabernet Sauvignon e Merlot: Cabernet amaciado pela sedosidade da Merlot resultando num tinto com aromas de ameixas, cerejas pretas e baunilha. Para quem gosta de picanha, ótima opção de vinho para acompanhar. Na faixa de 50-60 reais.

  • TINTO POTENTE E ENCORPADO

Também amo vinhos encorpados. Aqueles com sabor forte, potente e com corpo. Quando tomo desses, gente do céu.. haha. Pega rapidinho viu? Homens tendem a se identificar mais com o estilo pela potencia. Muitas vezes são exagerados no álcool e madeira ficando agressivos e desequilibrados, por isso é bom tomar cuidado. Abaixo, dois exemplos de vinhos encorpados, mas sem perder a maciez e elegância.

Encostas de Estremoz Bis Escolha do Enólogo 2012 | Região Alentejo, Portugal | Uvas Touriga Nacional, Touriga Franca e Alicante Bouchet: Muita gente tem em mente que só vinho Chileno, Argentino que prestam. Mas esse vinho é um Português maravilhoso, intenso. É encorpado, sedoso, concentrado, saboroso. Na faixa de 50-60.

Finca La Rana Terra D`Uro D.O 2011 | Região Toro, Espanha | Uva Tinta de Toro (Tempranillo): Também é um vinho bem potente, rico em vários aromas. Denso, tânico, amadeirado, com textura macia e sabores que lembram chocolate amargo e café. Pratos fortes é uma boa investida com esse vinho. 70-75 reais.

  • VINHO PARA SURPREENDER:

Ele sai do obvio, e faz o paladar de qualquer conhecedor. Esses vinhos, geralmente, são de regiões nada comum. Tem perfil complexo e elegante.

Antigniano R Roso di Torgiano 2011 | Região Umbria, Itália | Uvas Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Canaiolo: Rústico, exótico e ao mesmo tempo aveludado. Tem um toque bem sensual. E para complicar é maravilhoso, sua acidez permite uma grande diversidade de pratos.

vinho2-620x493

Gostaram das dicas?

Me seguem no app vivino: Karen Praxedes. Sempre posto meus vinhos lá.

Beijos, salut!

Amo dar dicas para vocês de vinho, espumantes e champagne né? E esse, seria impossível não compartilhar, pois é um pro espuamante que agrada o paladar da maioria. O nome é Veuve Devienne e ele é um Sparkling Rosé. Calma que vou explicar o que é Sparkling Rosé tá?

Sparkling Rosé: É uma denominação genérica dada aos espumantes de países que tem o idioma em inglês.

 Resumindo: Ele é um espumante, excelente e super fácil de gostar! Ponto final, sem muitos arrodeios, excelente demais gente. Como falei, ele é rosé, então tem a coloração rosa vivo, brilhante e límpido. Aroma delicado de frutas vermelhas. Fresco ao paladar e longa persitência no palato. Pérlage abundante e de longa duração. 

Apesar dele ser Francês, ele não é considerado Champagne pois não é da região de champa.

veuve-devienne-brut-rose-5651-2435-1565-2-product

00c1nv2bd0ofg_375x500

Eu tomei sábado, no restaurante Francês La Brasserie de La Mer.

IMG_0364

É uma super dica para almoço, receber amigas em casa, brunchs, sunsets.

A faixa de preço vai de 60 a 70 reais.

É uma ótima opção para sábado a tarde, brunchs, sunset, receber as amigas.

Espero que gostem da dica.

Beijos.

Quem me acompanha no insta e snap acompanharam a degustação de espumantes e curso que fiz ontem, junto com as meninas do Diamond Group. Como não deixei muito claro, muitas vieram me perguntar o que seria o Diamond Group e resolvi contar um pouco do evento e esclarecer o que é o grupo.

O Diamond Group é um grupo de amigas que fazem consorcio das jóias de Socorro e Samara Carlos, aqui na cidade. Quem conhece sabe que tem muuuito tempo que Socorro trabalha no ramo e é a considera a melhor daqui. Gente, não explico as peças delas, sério. No dia que ganhar na mega, quero ter um pouco de cada coleção haha. Voltandooo.. haha. Todo mês são sorteadas um número x de consorciadas, certo? E para o sorteio, Samara e Socorro pensam sempre em algo que toda mulherada ama.

Para iniciar o consorcio e sortear as sortudas do mês, elas organizaram o evento de ontem que teve como objetivo, Degustação e aprendizado sobre espumantes. E o evento foi perfeito. Tava tudo impecável e lindo. Sem falar que a somelier era maravilhosa, deu dicas super especiais e uteis. Vou tentar passar um pouco do que rolou ontem para vocês:

Quando a gente sentou na mesa, tinha todas as taças e um cardápio com os espumantes que iam ser servidos e a comida harmonizada:

IMG_0066 IMG_0068

O primeiro espumante servido foi um que eu adoro, o Casa Valduga brut que foi harmonizado com Sopa de tomate + brusqueta de tomate com presunto de parma. O espumante servido tem acidez equilibrada, de amplo e pleno sabor, é do jeito que eu gosto, não é doce e é super fácil de harmonizar.

Fica a dica viu gente? É um excelente espumante.

casa valdugo

O Segundo espumante foi ainda mais delicioso, faz bem meu estilo. Casa Valduga Rose, muito amor por ele. Não gosto de espumantes muito doces, então ele fez bem meu estilo. O sabor lembra pêssego e damasco maduro, com início refrescante e final de boca equilibrado. Ai gente, meu preferido da noite sabe?

Para harmonizar: Salada de Pato gratinada (estava de comer rezando) e batata gratinada com lagosta ao termidor. Excelente combinação.

IMG_0071 IMG_0073

O terceiro espumante é o meu menos preferido, sou bem sincera, odeio Moscatel. Acho muito doce. Mas confesso que na hora de harmonizar com uma sobremesa mais amarga, ele é o ideal. Pondera bem o gosto. Foi o caso dessa harmonização.

O espumante Moscatel foi combinado com duas sobremesas.

A primeira foi um gelado de doce de leite com calda de frutas vermelhas. Não estava tão doce, o que ponderou bem com o espuamnte.

IMG_0075 IMG_0076 IMG_0077

A segunda sobremesa foi um fondue de chocolate com frutas. O chocolate era meio amargo e combinou muito com o Moscatel. Melhor combinação ever:

IMG_0078

Então foi isso meninas, deu super para aprender, muitas dicas maravilhosas.

Em breve quero fazer um post mais completo. Socorro e Samara já estão organizando o próximo encontro do grupo e eu já estou ansiosa para saber o que vai ser, haha.

Olhe a turma:

IMG_0087

E segue meu look para vocês:

IMG_0092 IMG_0063

Misturei a estampa da t-shirt com a estampa da saia, que era meio armadazinha. Coloquei a bolsinha transpassada para deixar um efeito mais fashionista e minhas sandálias de tiras são minhas preferidas.

Blusa: Lança Perfume

Saia: Jolie

Sandália: Schutz

Bolsa: Arezzo.

Gostaram?

Super beijo!

Como uma amante de vinho, me encanto sempre com posts sobre tudo a respeito dessa bebida, a minha melhor! Beber vinho vai muito além do gosto, tem todo um sabor particular, um aroma, uma curiosidade e uma descoberta. O que você sente, outra pessoa pode sentir diferente e esse “jogo” é muito interessante. No meu blog passado, fiz um post sobre etiqueta de vinho e na hora de migrar, ele não migrou para nosso novo blog, e eu fiquei arrasada.. então, to fazendo um novo post, quem saiba esse fique melhor, já que em relação ao vinho já estou bem mais madura e experiente.

Esse post vai ser mais uma “etiqueta” do vinho, como servir, o que você precisa saber e etc. Logo mais vou postar sobre as uvas, terrier e por ai vai.. Sei que tem muita gente que gosta desse tipo de post, muitas leitoras pediram e eu atendo sempre a vocês. Então.. vamos lá?

Servicio-cantidad

Muita gente não sabe que desde abertura do vinho até o momento do último gole existe tipo um ritual a ser seguido. Sei que tem muita gente que acha isso bobagem, mas imagina em um evento, jantar formal ou algo do tipo.. Não saber dessa etiqueta pode ser um mico, sorry. 

  • A taça do vinho é colocado sempre a direita do copo d’água, muita gente tem dúvidas, então para não errar, sempre a direita.
  • Quando for servir a alguém, saiba que a quantidade que deita no copo depende sempre do vinho que está a ser servido: 1/3 do copo no caso do vinho tinto, ½ copo no caso do vinho branco e ¾ do copo no caso do vinho espumante. Eu acho péssimo quando alguém super enche minha taça, fica parecendo um balde.

4eacb6cd247001fc581948f3b32e3cee

 

  • Ao terminar de servir um copo de vinho, deve rodar ligeiramente a garrafa enquanto a afasta desse copo – não só fica bem, como vai evitar que o vinho pingue para a mesa. Dica super útil!
  • Sustente a taça pela base do talo, entre o polegar e o dedo indicador. Nunca segure pelo cálice, ou corpo da taça, para evitar que o vinho esquente em suas mãos. Este passo do servimento e degustação é útil para aprender sobre o gosto do vinho e entendê-lo.

errado

IMG_2940

 

FullSizeRender IMG_9962

  • Cada vinho tem uma taça específica, um tamanho apropriado e um formato.

 

taças

 

Muita gente pergunta porque o garçom coloca a rolha em cima da mesa. Recebi uma pergunta, uma vez, sobre o que fazer quando colocar.  A rolha é colocada na mesa para que o cliente verifique seu estado, por exemplo uma rolha rachada de cima a baixo, pode ter deixado o ar entrar na garrafa, oxidando-o. O vinho não tá bom quando você sente o gosto meio de vinagre, quando sentir, pode jogar a garrafa fora, não presta jamais.

O garçom serve pouco vinho para a primeira pessoa com intenção que ela prove o vinho e o aprove, dizendo se ele está bom ou não. Caso ele esteja ruim, será trocado. Mas atenção: só vale para quando não está bom e não por não ser do seu agrado.

Como segurar a garrafa é um dúvida que muita gente tem, principalmente quando vai receber em casa alguém e servir. Uns dizem para apoiar o dedo no fundo da garrafa, outros garantem que isso não deve ser feito em hipótese alguma! E pelo que sei aquela concavidade no fundo das garrafas de vinho não foi feita para enfiar o dedo. Algumas pessoas acham que o furo serve para apoiar o dedo enquanto se segura ou serve a garrafa. Errado! O único intuito daquele buraco é armazenar várias garrafas de um jeito mais organizado, com cada gargalo apoiado na concavidade da próxima garrafa, fazendo todas se encaixarem. Logo, se for servir o vinho, não use o furo para segurar. É perigoso, pois pode fazer você perder o controle da garrafa.

servindo

IMG_9966

Outra dúvida bastante comum é sobre a ordem de servir: Essa é muito, muito fácil: sirva primeiro as mulheres, começando pelas mais velhas; siga a mesma regra, depois, ao servir os homens.

  • Ao repor o vinho de sua taça, antes ofereça também completar a taça daqueles que estiverem sentados próximos a você. Se alguém mais distante se pronunciar, levante-se para servi-lo; é muito mais gentil do que passar a garrafa de mão em mão. Acredite.

E quando a garrafa tá acabando? A regra é mesma da comida. Antes de se servir do último gole restante na garrafa, pergunte se alguém gostaria de compartilhar esse finalzinho com você. Lembre-se que um dos prazeres do vinho é mesmo, a companhia.

Trocando o vinho: Se for trocar o vinho ou beber outro, você troca a taça ou bebe na mesma? O ideal é sempre trocar a taça quando for trocar o vinho, principalmente se for trocar o tipo de vinho (beber um branco após beber um tinto). Mesmo porque, cada vinho pede um tipo diferente de formato de taça. Se, por algum motivo, você não puder trocar de taça, vinhe a peça. Isso significa colocar um pouco de água na taça, “lavar”, e jogar a água fora, antes de receber outro vinho naquela taça.

IMG_9974

Então é isso meus amores, arrase na hora de beber o vinho, não faça feio!

Beijos e salut!