CHEGUEEEI do DFB e que sensação incrivel, não sei explicar o quanto amei essa semana de moda sabe? Muito organizada, cheia de conteúdo bacana e com muita coisa linda na passarela. Como prometido: fiz um resumo do que rolou no primeiro dia de desfiles e vou colocar meus preferidos para vocês, as principais tendências e etc.. Espero que vocês gostem viu?

No primeiro dia, muito estilista bacana, entre eles nosso querido amigo Wagner Kallieno, que assinou uma coleção para a MMorena Store, marca que eu AMO aqui de Mossoró, vocês sabem.

  • Mary Andrade – Mary Andrade tem 24 anos e é uma jovem promessa do mundo da moda. Apaixonada pelo handmade (feito à mão), Mary gosta de inovar, mas sempre respeitando os clássicos. No DFB Festival 2017, Mary apresentou a coleção “Era Uma Vez”, que mostrou suas descobertas em um mundo dourado e reluzente.

  • Lindebergue Fernandes – O estilista cearense Lindebergue Fernandes trouxe muita personalidade para o DFB 2017. Após o desfile no ano anterior com viés político e crítico, nesta edição, ele apresentou uma coleção com temática transcendental, que propõe uma reflexão pela busca da paz interior por meio da releitura de ícones do clérigo e inspirada nas vestes de noviços e noviças.

  • Wagner Kallieno – Consagrou-se o queridinho das fashionistas que amam uma peça assimétrica, com fendas exuberantes e modelos marcantes.

  • Aládio Marques – Lançada em Salvador há mais de três anos no mercado, a marca vem conquistando espaço com coleções de moda masculina e feminina que primam pelo design exclusivo. Ele trouxe ao DFB Festival 2017 a coleção “Explorer”, com peças de referências esportivas e caimento de alfaiataria.

  • Almerinda Maria – A estilista cearense traz um novo conceito sobre a riqueza da Renda Renascença aliada à sofisticação da demi-couture.

 

Esse foi um resuminho do primeiro dia. Eu amei cada desfile e cada detalhe. E a estrutura do DFB hein? De parabéns totaal! Um sucesso.

E até mais com mais posts e looks e tudo haha.

Beijos.